Exame de BETA 2 MICROGLOBULINA em São Paulo

Sinonímia:

ß-2 microglobulina. Beta2M. ß2M

Fisiologia:

Massa molecular = 11,8 kDa.
Cadeia leve associada aos antígenos de histocompatibilidade do sistema HLA-A, HLA-B e
HLA-C. Ocorre na superfície de células nucleadas, abundantemente em linfócitos e monócitos, e
em diversas linhas de células tumorais. Sua função ainda é desconhecida, mas pode controlar a
expressão e biossíntese de antígenos na superfície celular.
Por causa de seu baixo peso molecular 95 % de toda ß2M livre é eliminada por filtração
glomerular. As células dos túbulos contornados proximais captam em seguida por endocitose,
99,9 % da ß2M filtrada sendo esta, depois, degradada até aminoácidos. O aumento da ß2M na
urina é evidência de disfunção tubular.

Material Biológico:

Soro ou urina.

Coleta:

1,0 ml de soro.
Centrifugar o soro apenas após início da retração do coágulo para prevenir a presença de
fibrina. Se o(a) paciente estiver em terapia anticoagulante, deixar retrair o coágulo por mais
tempo.
Urina: alíquota avulsa ou amostra de 20 ml de urina de 24 horas.
Informar o volume total das 24 horas.
Para coleta avulsa, esvaziar a bexiga, tomar um copo de água e após 1 hora coletar a urina.

Armazenamento:

SORO: Refrigerar entre +2 a +8ºC para até 7 dias.

Congelado a -20ºC conserva-se até 2 semanas.
Não estocar em freezer tipo frost-free.
URINA: ajustar o pH da(s) amostra(s) urinária(s) com NaOH 1,0 M para um pH entre 6 e 8 (7
de preferência).
Refrigerar entre +2 a +8ºC para até 2 dias. Congelado a -20ºC conserva-se até 2 meses.
Não estocar em freezer tipo frost-free.

Exames Afins:

HLA, HIV.

Valor Normal:

Preparo do Paciente:

Jejum de 4 horas para coleta de soro. Água ad libitum.

Interferentes:

Fibrina. Anticorpos heterófilos.

Método:

Quimioluminescência.
Substrato: adamantildioxetanofosfato.
Nefelometria.

Interpretação:

SORO:

AUMENTO: AIDS, leucemia linfóide crônica, linfomas Hodgkinianos e não-Hodgkinianos,
mieloma múltiplo, mielomas, linfadenopatias imunoblásticas, neoplasias do tecido linfopoiético,
lúpus eritematoso sistêmico, poliartrite reumatóide, S. de Sjögren, D. de Crohn,
citomegalovirose, hepatite C, mononucleose infecciosa, hemodiálise, rejeição de transplante
renal.
DIMINUIÇÃO: sem significado clínico, exceto no monitoramento e avaliação terapêutica.

URINA:
AUMENTO: S. de Fanconi, D. de Wilson, transplante renal, galactosemia congênita não
tratada, doenças do colágeno, poliartrite reumatóide, S. de Sjögren, nefrocalcinose, cistinose,
depleção crônica de potássio, nefropatia dos bálcãs, nefrite intersticial e afecções tubulares por
agentes nefrotóxicos como cádmio, mercúrio, aminoglicosídeos, transplantes renais,
nefrotoxicidade por ciclosporina, aminoglicosídeos e cisplatina.
DIMINUIÇÃO: sem significado clínico.
QUADRO DE APLICAÇÕES ONCOLÓGICAS

Faça seu exame de BETA 2 MICROGLOBULINA em São Paulo com a Biolider!

Entre em contato

Por aqui você pode agendar seu exame, tirar suas dúvidas, fazer suas sugestões ou apontar suas críticas, estamos sempre prontos para te atender!

Clique no botão CONTATO abaixo para prosseguir.

Agende agora o seu Exame de BETA 2 MICROGLOBULINA em São Paulo